Combate a dengue
Vista Conveniência - Rua Silvio de Castro Cunha, 255 - Bodoquena - MS
10:10 hs
Mato Grosso do Sul, 11 de Dezembro de 2017
Inicio Fotos Brasil Cidades Entretenimento Esporte Receita Policia Política Contato Útimas Notícias
Você é a favor da reforma da previdência e suas medidas que tira direitos dos trabalhadores, segundo o governo para impedir a falência do sistema previdenciário do Brasil?
sim
não
talvez


Notícias 17/11/2017 às 07:37hs Chuva atingiu 135 milímetros e ventos de até 70 km/h na Capital Cidades
Campo Grande News
Guilherme Henri
Clique para ampliar imagem Chuva atingiu 135 milímetros e ventos de até 70 km/h na Capital
O volume de água da chuva atingiu 135 milímetros e os ventos chegaram a 70 quilômetros por hora entre às 14h de ontem (16) e a manhã desta sexta-feira (17) em Campo Grande.

Os dados são do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) e conforme o meteorologista Ernesto Alvin, os números são suficientes para causar estragos, pois indicam uma forte pancada de chuva.

“Pela nossa estação a chuva iniciou às 14h e não parou mais. O ponto mais forte foi registrado às 21h quando chegou a chover em uma hora 19.6 milímetros”, detalha.

Na rua Guararapes, no bairro Coophamat, dois Ipês de médio porte caíram devido a chuva e bloquearam a faixa de ônibus. Os veículos precisaram usar a calçada para conseguir ter acesso ao trecho, o que coloca pedestres em alerta.

Ainda segundo o meteorologista, o sol deve aparecer hoje na Capital, porém o fenômeno deve voltar entre o final da manhã e a tarde.

Interior – E não foi só na Capital que a chuva deixou rastro de destruição. Entre os estragos causados pelo temporal, um homem de 36 anos morreu atingido por um raio em Rio Brilhante – a município localizado a 163 km de Campo Grande.

A vítima estava em uma fazenda às margens da BR-267, que liga a cidade até Maracaju.

Imprimir Favoritos Facebook Últimas Notícias