Combate a dengue
Vista Conveniência - Rua Silvio de Castro Cunha, 255 - Bodoquena - MS
09:58 hs
Mato Grosso do Sul, 11 de Dezembro de 2017
Inicio Fotos Brasil Cidades Entretenimento Esporte Receita Policia Política Contato Útimas Notícias
Você é a favor da reforma da previdência e suas medidas que tira direitos dos trabalhadores, segundo o governo para impedir a falência do sistema previdenciário do Brasil?
sim
não
talvez


Notícias 01/09/2017 às 06:51hs Um Historiador que Deixa saudade Cidades
Aqui é Destaque
Irineu Okaneko
Clique para ampliar imagem Um Historiador que Deixa saudade

Neste momento de dor, de lamento, de muita tristeza, mas também de muita fé, fé em Deus que retirou o nosso querido Professor Aristides do nosso meio para viver eternamente com Ele, queremos render uma homenagem póstuma aos seus familiares, manifestando as nossas condolências pelo passamento do referido cidadão. Vamos também contar um breve histórico deste que foi um exemplo de vida, íntegro e defensor da justiça, da honestidade, da fraternidade, até porque essas virtudes são características próprias e naturais do nosso querido e saudoso professor Aristides.
O Professor Aristides João Teixeira nasceu em três de novembro de 1.917 em Goianinha estado do Rio Grande do Norte, casou-se com a Senhora Sofia Batista Rodrigues, em 1951. Ficou viúvo, deixando um casal de filhos Eulina Rodrigues Teixeira e João Teixeira Junior.
Em 1965, Aristides casou-se pela segunda núpcias com Maria Estela Machado, natural de Pereira Barreto/SP, desse casamento nasceram dois casais de filhos Maria Aparecida Teixeira, Maria Eglantine Teixeira, Aristides João Teixeira Filho e Hélio Teixeira.
Na sua trajetória na Colônia da Bodoquena, Aristides foi o primeiro comerciante e educador em torno da Vila Campão foi também o primeiro diretor da Escola Estadual João Pedro Pedrossian (1977).
No final da década de 50 até aproximadamente no meado da década 60, durante a colonização desta região, o Professor Aristides correu risco de vida no combate em prol aos “invasores” de terras em litígio. Policiais a mando de supostos donos desta área territorial, promoviam o despejo das famílias que vinham de várias regiões do país, atraídos pelas terras férteis locais e se estabeleciam aqui, enfrentando as dificuldades da época. Para os colonizadores Aristides era um conselheiro de grande conhecimento político e social, o que lhe rendeu grande popularidade.
Outro importante legado que o Professor deixa para o povo de Bodoquena, é a História do Município que se encontra registrada na Câmara Municipal.
Assim sendo, encerramos esta simples homenagem daquele que foi um grande e baluarte mestre e uma figura humana que deixa bons exemplos de vida a ser seguido.

Irineu Okaneko
Ex-aluno
Agosto/2017


Imprimir Favoritos Facebook Últimas Notícias